fbpx
inadimplência na escola

Inadimplência na escola: quais são as desvantagens e como evitar?

08/07/2020 Por Marketing Activesoft

Embora a escola tenha suas características específicas, ela não deixa de ser um negócio que tem de gerar lucro. Afinal de contas, sem recursos, uma instituição de ensino não consegue cumprir com seu principal propósito: ofertar ensino de qualidade para os estudantes. E quando falamos sobre gestão financeira, um dos grandes desafios é lidar com a inadimplência na escola.

Sua instituição não pode ficar refém desse problema que tem sido cada vez mais recorrente. Por isso, elaboramos este texto, com informações importantes para ajudar a contornar os atrasos nos pagamentos.

Continue acompanhando os próximos tópicos para entender o que é a inadimplência escolar, suas principais causas e como evitá-la. Boa leitura!

O que, de fato, é a inadimplência escolar?

Bom, as mensalidades das escolas particulares devem ser pagas sempre no dia determinado entre a instituição e os pais ou responsáveis da criança ou do adolescente. A partir de então, é obrigatório respeitar o contrato de pagamento, sem ter atrasos.

Porém, muitas vezes, o responsável financeiro pelo estudante acaba deixando de pagar uma ou mais parcelas, ficando em débito com a escola. É exatamente isso que chamamos de inadimplência escolar, ou seja, o ato de não cumprir com o acordo que foi firmado entre a entidade recebedora e o pagador.

Quais são as suas principais causas?

A inadimplência na escola pode ter diversas causas, entre elas, podemos citar o endividamento pelo acúmulo de contas, a perda dos empregos dos pais ou responsáveis, os imprevistos financeiros que acabam exigindo gastos extras etc. O assunto é bastante sério, pois muitas escolas fecham suas portas devido à falta de recursos.

Por outro lado, os estudantes também sofrem as consequências. Um exemplo é que, muitas vezes, os diplomas não são entregues aos alunos quando a instituição fecha as portas. Com a inadimplência, a escola é que vai à falência e, por isso, acaba gerando um efeito cascata devastador, em que todas as partes se prejudicam e, em alguns casos, de forma irreversível.

Quais são os principais problemas ocasionados pela inadimplência nas escolas?

Toda instituição de ensino necessita de recursos financeiros para que se mantenha em funcionamento e ofereça educação de qualidade para os discentes. Tais recursos vêm, sobretudo, do pagamento da mensalidade escolar. Desse modo, na hora de fazer o planejamento financeiro anual da sua escola, você tem a entrada de um determinado valor para cumprir os seus objetivos.

10-dicas-negociacao-de-mensalidadesPowered by Rock Convert

Contudo, a inadimplência escolar prejudica muito o fluxo de caixa e o planejamento financeiro. Até porque é uma quantia em dinheiro que não vai para o caixa da empresa na data planejada. O resultado disso é que a escola acaba não cumprindo com seus propósitos e sua missão, podendo ter suas atividades comprometidas.

Quais estratégias podem ser adotadas para evitar a inadimplência escolar?

Veja, a seguir, as dicas para evitar a inadimplência na sua escola!

Automatizar processos de pagamentos

O uso de sistemas e softwares de gestão pode gerar grande benefício quando se fala em redução da inadimplência escolar. A partir dessas ferramentas, você possibilita que os pais ou responsáveis gerem os boletos no portal do aluno, podendo até fazer isso com boletos atrasados.

Conceder descontos aos bons pagadores

Uma boa estratégia é conceder descontos aos pais ou responsáveis que pagam as mensalidades de forma antecipada. Além disso, pode dar prêmios anuais aos estudantes ou responsáveis que pagam as prestações em dia.

Negociar as dívidas

Se a escola quer receber os valores devidos, a dica é cogitar a negociação de dívidas. Se os pais ou responsáveis não tiverem condições de arcar com o total com juros, pelo menos, a instituição assegura que uma parte vai ser recebida.

Oferecer outras formas de pagamento

Geralmente, as escolas trabalham com boletos. Porém, em casos de inadimplência, elas podem disponibilizar outras opções de pagamento, como o parcelamento ou cartão de crédito para aumentar as chances de receber o valor em débito.

Enfim, a inadimplência na escola compromete muito o seu funcionamento — podendo levar à falência. Saiba que, com essas ações simples, você vai conseguir melhorar sua gestão financeira e diminuir drasticamente a inadimplência na sua instituição. Assim, você garante o sucesso e a saúde financeira da escola.

Gostou das dicas? Quer aprender mais com nossos conteúdos? Então siga nossas páginas nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn!