inicial activenews
05 de agosto de 2016

Pokémon Go. A sua Escola está preparada para a nova mania digital?

Imagem da notícia: Pokémon Go. A sua Escola está preparada para a nova mania digital?

Educação continuada é a escolha certa

Muito se fala sobre o Pokémon Go, um aplicativo de entretenimento para smartphones lançado no mês passado em outros países, e que rapidamente se tornou um fenômeno mundial. No Brasil a expectativa para seu aparecimento era muito grande, e no último dia 03/08 o game estreou finalmente por aqui.

A diversão funciona assim: você usa a câmera do celular para filmar um ambiente, qualquer um, como uma praça, restaurante, shopping, museu, casa, etc. Usando uma tecnologia de realidade aumentada, o programa acrescenta neste ambiente real alguns personagens virtuais do famoso anime japonês Pokémon (aquele do Pikachu), e o jogador pode interagir com eles. Este é o conceito da realidade aumentada.

Veja a imagem abaixo. O mapa da cidade, a localização do jogador e o parque gramado são reais, e o monstrinho azul (o Pokémon) é a criação do programa:

Exemplo do jogo

O termo Pokémon vem de Pocket Monster, ou monstro de bolso, em uma tradução livre. No universo fictício da franquia, os Pokémons são como animais, e existem centenas de tipos diferentes, com suas determinadas características, habilidades, personalizades e frequência de aparição. Eles podem ser capturados, treinados, evoluídos e colocados à prova em combates contra outros Pokémons. É como uma arena onde os Pokémons lutam entre si conforme a estratégia de seus criadores (ou Mestres Pokémons).

Mesmo com o pouco tempo de lançamento do jogo no exterior, já foram reportados problemas relacionados ao uso do aplicativo, como ansiedade, desatenção dos jogadores em vias públicas e no trânsito, invasão de propriedades privadas (para capturar Pokémons), vírus no celular, entre outros.


Relação com educação e a Escola

Como destacado no início da matéria, a discussão é muito grande, e é inevitável que o assunto passe dos celulares para dentro do ambiente escolar, inclusive na sala de aula. O ponto que queremos destacar é que a Escola precisa estar preparada para lidar com esta novidade.

A proposta deste artigo não é julgar os pontos positivos e negativos do jogo, mas estimular a reflexão e discussão do tema nas Escolas. A Instituição de Ensino pode ter um papel importante na educação dos jovens no que diz respeito ao uso das novas tecnologias, e este fenômeno cultural é ao mesmo tempo um desafio e uma oportunidade pedagógica, onde vários atores podem participar de um debate multidisciplinar e trocar experiências: pais, professores, coordenadores, diretores, psicólogos, etc.

E então, de que forma sua Escola vai lidar com esta nova realidade digital?



Outras notícias

10/08 Idade mínima para matrícula: como sua Escola trabalha isso?

  A discussão sobre a limitação da idade mínima para ingresso nos níveis pré-escolar e fundamental já é objeto de estudo a bastante tempo. No dia 01 de agosto de 2018, o Supremo Tribunal...


29/12 Venha fazer parte da equipe Activesoft!

A Activesoft está recrutando um profissional comprometido da área de RH para fazer parte da nossa equipe!PRINCIPAIS ATIVIDADES:·      Realizar apoio administrativo para os processos de recrutamento...


29/11 Venha fazer parte da Activesoft!

No momento não estamos com vagas abertas, mas sempre estamos em busca de novos talentos para enriquecer e fortalecer a equipe Activesoft. Nossa empresa trabalha com profissionais qualificados nos...


todas as notícias